6-1 JavaScript e jQuery – Conclusão